facebook-pixel

Instituto Pontello - Dermatologia Clínica e Estética

Dermatologia Clínica e Estética - Localizado na Rua Eng. Omar Rupp 186 , local de fácil acesso e com uma maior opção de estacionamento, o Instituto Pontello de Dermatologia está situado em uma moderna e confortável edificação. Será um prazer recebe – lo

Cirurgia de Mohs

Publicações científicas e notícias de nossa equipe

Conheça um pouco mais sobre a Cirurgia de Mohs.

Até pouco tempo atrás, quem recebia o diagnóstico de um câncer de pele em Londrina, tinha como única opção fazer a cirurgia para retirada do tumor. E esperar cerca de 10 dias para saber se o problema estava resolvido ou se novos procedimentos seriam necessários. Com a cirurgia micrográfica de Mohs, os pacientes têm a possibilidade de tratar todo o problema no mesmo dia. O procedimento retira o câncer, camada por camada. Examinando cada uma delas ao microscópio, até que se obtenha a remoção completa do tumor.

A cirurgia de Mohs é considerada a técnica mais refinada, precisa e efetiva para o tratamento dos tipos mais frequentes de câncer da pele. “A maior vantagem é que ela permite verificar imediatamente se todo o tumor foi retirado. Isso aumenta consideravelmente as taxas de cura já no primeiro procedimento”, explica o dermatologista Marcelo Machado, especialista em cirurgia micrográfica de Mohs, que realiza esta técnica no Hospital do Câncer de Londrina.

Estudos científicos publicados pela Academia Americana de Dermatologia mostram que nos casos de carcinoma basocelular. O mais comum dos cânceres de pele, a taxa de cura na primeira cirurgia chega a 99%. Enquanto que na convencional é de 90%. Em casos de recidiva – quando o tumor acaba não sendo retirado integralmente no primeiro procedimento. As taxas de cura da cirurgia micrográfica giram em torno de 95%, contra 83% da técnica convencional.

Outra grande vantagem da técnica é o resultado estético.

Como o avanço do bisturi sobre tecidos sadios é menor, a lesão criada fica reduzida. “Na cirurgia convencional, é retirada uma margem de quatro milímetros além do tumor, por garantia. Com a técnica micrográfica, essa margem é de um milímetro. Isso deixa a reconstrução mais simples, diminuindo a cicatriz”, explica.

Desta maneira, a técnica torna-se especialmente vantajosa para tumores em áreas delicadas, como: pálpebras, nariz, orelhas, lábios, dedos ou outras áreas onde a preservação da pele sadia é muito importante.

Apesar de ainda não ser coberta por planos de saúde, nem pelo SUS. A cirurgia micrográfica apresenta ainda uma boa relação custo-benefício. A técnica é mais cara, mas, levando em conta que a cirurgia convencional tem maiores chances de recidivas, que exigem novos procedimentos para retirada total do tumor, os custos acabam equiparados.

https://www.folhadelondrina.com.br/saude/com-nova-tecnica-cancer-de-pele-tem-maior-possibilidade-de-cura-1014789.html

Contato

Envie uma mensagem que retornaremos o mais rápido possível ou se preferir entre em contato pelo telefone para falar diretamente conosco.

Endereço

Rua Engenheiro Omar Rup, 186
Jardim Londrilar - Londrina - PR
CEP: 86015-360

Telefone

(43) 3322-1617
(43) 3323-7860

design Young Studio